ISBN – International Standard Book Number – Número Padrão Internacional de Livro

Entenda o que é ISBN, como o número é constituído e onde solicitá-lo.

isbn-vetor

Quando você vai ao supermercado, como os produtos são identificados no caixa? Pelo código de barras, certo? O livro também tem um código de barras, que é gerado a partir do ISBN.

ISBN é o CPF do livro – cada título tem o seu. A Sigla significa International Standard Book Number – Número Padrão Internacional de Livro. Portanto, “é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição” (Fonte: Biblioteca Nacional).

O ISBN foi criado por editores ingleses na década de 1960  e oficializado pela norma ISO na década de 1970.

Atualmente, existe um órgão que controla os ISBNs do mundo todo, que é a Agência Internacional do ISBN, sediada em Londres, e dirige as agências locais de cada país. No Brasil, a Agência Brasileira de ISBN está interligada à Fundação Biblioteca Nacional / Fundação Miguel de Cervantes.

O ISBN atualmente é composto de 13 dígitos. Cada parte da numeração indica algo:

Se considerarmos como exemplo este ISBN: 978-85-325-3027-1

978 – é o EAN –  European Article Number. No EAN-13 o símbolo codifica treze números que estão divididos em cinco partes; dos treze dígitos, doze são dos dados referentes, de certa forma, ao produto, e um é o dígito verificador. O número “978” indica que o produto em questão é um livro.

85 – designa que o ISBN é do Brasil. Se consultar o número do Reino Unido, por exemplo, verifica-se que é “0”. Se foram eles que inventaram, natural que sejam os primeiros, não é mesmo?

325 – é o prefixo editorial, que indica qual editor detém determinado ISBN. Se uma editora publica muitos títulos, é comum que ela tenha mais de um prefixo editorial. O prefixo editorial pode ter de três a cinco dígitos e o código do item, de dois a quatro dígitos.

3027 – indica o item, a obra.

1 – código verificador. O código verificador tem sempre um dígito.

isbn-codigo-de-barras

Você pode solicitar para a Agência Brasileira de ISBN a numeração e o código de barras já pronto para aplicação ou solicitar apenas a numeração e gerar o código no Corel Draw ou em sites apropriados para isso.

Deve-se solicitar um ISBN para cada título, e diferentes ISBNs para livro impresso e para e-book, mesmo que o conteúdo do e-book seja igual ao do livro impresso. Isso é o que vai diferenciar nas lojas o livro impresso do livro digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>